Acompanhar como os recursos da empresa são usados é fundamental para ter uma boa gestão. Além do dinheiro, é necessário ter atenção em como o tempo é utilizado para executar as diferentes funções organizacionais. Nesse sentido, o apontamento de horas merece destaque.

Para fornecer informações consistentes, a etapa deve ser realizada do jeito correto. A melhor forma de obter um bom desempenho é por meio do uso de estratégias e recursos especiais, já que eles facilitam a execução dos passos.

A seguir, veja tudo sobre o apontamento de horas e descubra o que deve ser feito para implementar o processo.

O que é o apontamento de horas?

Quanto tempo a empresa de construção civil gasta para realizar uma obra? Quais são as fases que mais demoram? Como o tempo é distribuído no canteiro de obras?

Estas são questões respondidas pelo apontamento de horas. A etapa consiste no levantamento e registro de todas as horas gastas em determinada atividade da empresa. O processo se baseia em detalhar como cada ação do cotidiano profissional consumiu esse recurso.

É importante ressaltar que a fase é diferente do controle de ponto. A segunda alternativa é uma obrigação trabalhista e controla apenas a jornada dos trabalhadores. Já o apontamento demonstra como o tempo é usado dentro do trabalho.

Por que a empresa deve fazer?

Apesar de não ser uma obrigação trabalhista, o apontamento de horas ajuda a manter a regularização junto à legislação e a evitar problemas com processos. Com as informações necessárias, fica fácil compreender se o limite de jornada tem sido cumprido.

Outro fator importante é que oferece uma visão estratégica do uso de recursos. A partir da análise das informações coletadas é possível compreender se um projeto levou um tempo maior do que deveria. Mais que isso, é um jeito de identificar as causas. Se uma obra demorou além do previsto, então a análise do apontamento pode indicar o principal gargalo.

Para melhorar, é uma maneira de fortalecer e otimizar o processo de tomada de decisão. Com informações precisas, há chance de identificar as necessidades de melhorias e agir rumo à otimização de uso das horas.

Como implementar a estratégia no negócio?

Para executar esse processo há duas alternativas: o apontamento de horas manual ou o eletrônico. A primeira possibilidade é bastante simples e, muitas vezes, consome mais tempo do que realmente ajuda.

Já a versão eletrônica inclui o uso de tecnologias diversas que facilitam a etapa. Atualmente, há várias empresas com soluções variadas para tornar o passo simples.

Uma delas é a Simova, com plataforma completa que garante um excelente registro das horas gastas no trabalho. Voltado especificamente para a construção civil, o recurso permite o controle de equipes externas, tem total mobilidade e garante comparativos em relação ao período anterior. Com um histórico de pontuação, é especialmente fácil fazer análises relevantes.

O apontamento eletrônico é uma tarefa necessária para trazer controle, estratégia e bom aproveitamento na empresa. Com os recursos certos, o processo pode ser feito de forma eletrônica e eficiente, o que leva a resultados ainda melhores.

Entre em contato com a Simova e conheça como nossa solução pode ajudá-lo!

Banner Planilha ROI SIMOVA - concessionarias